Biologia e Geologia na Escola

Blog de apoio e complemento às aulas de Ciências Naturais – Biologia e Geologia

Actividade Sísmica em 2010 – Balanço Preliminar

Posted by BG em 07/01/2011

Em termos da sismicidade registada pela rede sísmica operada pelo Instituto de Meteorologia no território nacional em 2010, verifica-se que a maior parte da actividade sísmica na área do Continente e região adjacente teve origem epicentral em área submersa, a Sul e Sudoeste de Portugal Continental, na zona de interacção entre as placas tectónicas Núbia e Eurásia, sendo ainda de registar algumas ocorrências mais importantes com epicentro em terra, em particular no Alentejo.

Foram registados neste ano, no Continente e região adjacente, 2341 sismos próximos, dos quais foi possível localizar 1821, verificando-se que estes números são bastantes semelhantes aos de 2009. No arquipélago dos Açores pode-se considerar a sismicidade como moderada a reduzida, tendo sido localizados 1395 sismos próximos, os quais tiveram uma distribuição epicentral ao longo do alinhamento das ilhas (Grupos Central e Oriental) e também num sector da Crista Média AtlÂntica. No global do território nacional verifica-se que maioria dos sismos tem magnitude local (ML) inferior a 3.0.

Para além da sismicidade de origem natural, a rede sísmica nacional do IM registou ainda cerca de 6000 eventos de natureza artificial.

Em termos macrossísmicos, apenas 9 sismos foram sentidos no território de Portugal Continental, enquanto que no arquipélago dos Açores foram sentidos 25, verificando-se que nenhum deles provocou danos. No arquipélago da Madeira não ocorreram quaisquer sismos com efeitos macrossísmicos.

À escala global, a actividade sísmica mais significativa no ano de 2010, em termos de grandes sismos, ocorreu nas zonas de interacção entre as placas tectónicas principais, tendo o ano sido marcado pela ocorrência de alguns sismos com efeitos catastróficos, dos quais se destacam o do Haiti (12 de Janeiro), o do Chile (27 de Fevereiro) e o da China (13 de Abril).

No total, a rede sísmica do IM registou para o Mundo 861 sismos com magnitude superior a 5. Em termos comparativos com os valores médios anuais, baseados em observações desde 1900 (dados do USGS), podemos constatar que a actividade sísmica mundial detectada na rede sísmica nacional, em termos de magnitude, apresenta valores próximos dos valores médios, tendo ocorrido 1 sismo de magnitude superior a 8 (igual à média anual), 20 de magnitude entre 7 e 8 (média: 15) e 131 de magnitude entre 6 e 7 (média: 139).

Extraído de: Instituto de Meteorologia, IP – Portugal

Pode obter aqui um documento mais promenorizado deste post, também disponibilizado pelo Instituto de Meteorologia, IP – Portugal.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: