Biologia e Geologia na Escola

Blog de apoio e complemento às aulas de Ciências Naturais – Biologia e Geologia

2010, o ano da maior seca na Amazónia

Posted by BG em 09/02/2011

A seca de 2005 que assolou a floresta da Amazónia foi tida como algo que acontece uma vez num século, mas meia década depois a história repetiu-se e ainda foi mais grave. Uma equipa de cientistas analisou a precipitação na floresta na última década e previu a quantidade de dióxido de carbono (CO2) libertado — oito mil milhões de toneladas em 2010. Mais do que os EUA lançaram em 2009 para o ar (5,4 mil milhões de toneladas).

Os resultados publicados num artigo da Science mostram que esta tendência faz com que a floresta se torne numa fonte de CO2. “Ter dois fenómenos desta magnitude a sucederem-se tão perto é extremamente incomum, mas infelizmente é consistente com os modelos climáticos”, disse Simon Lewis, primeiro autor do artigo, da Universidade de Leeds, no Reino Unido.

Fonte: Jornal Público

Primeiro os números: a floresta da Amazónia cobre cerca de 5,5 mil milhões de quilómetros quadrados, e num ano normal recolhe da atmosfera 1,5 mil milhões de toneladas de CO2 que se transformam em vegetação.

Em 2005 a seca que arrasou a região afectou 1,9 milhões de quilómetros quadrados. O funcionamento debilitado da floresta e a degradação das árvores mortas, que largam CO2, fez com que fossem libertadas cinco mil milhões de toneladas deste gás. Em 2010, a área afectada pela seca ainda foi maior — três milhões de quilómetros quadrados. Os investigadores calculam que serão libertadas oito mil milhões de toneladas de CO2.

“Duas secas extremas que são fora do normal e que ocorrem em menos de uma década podem facilmente contrabalançar o carbono absorvido pela floresta durante esse período”, disse Simon Lewis, que deixa um alerta incómodo: “Se fenómenos como este acontecerem mais vezes, a Amazónia vai (…) deixar de ser um sumidouro de CO2 que atrasa as alterações climáticas, para passar a ser uma das principais fontes de gases de efeito de estufa que acelera estas alterações.”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: