Biologia e Geologia na Escola

Blog de apoio e complemento às aulas de Ciências Naturais – Biologia e Geologia

Archive for Setembro, 2011

Descoberta que contradiz teoria de Einstein intriga cientistas

Posted by BG em 27/09/2011

Os cientistas estão intrigados com os resultados obtidos por investigadores do Centro Europeu de Investigação Nuclear (CERN), em Genebra, Suíça, que afirmam ter descoberto partículas subatómicas capazes de viajar mais rápido que a velocidade da luz.

As conclusões desta experiência, denominada por  Opera Collaboration, estão a ser  cuidadosamente analisadas por outros cientistas. Um dos pilares da física atual, que é descrita por Albert Einstein na sua teoria da relatividade, é que a velocidade da luz é o limite a que um corpo pode viajar. Até agora nunca tinha sido possível encontrar uma partícula capaz de exceder a velocidade da luz.

Fonte: Naturlink

Leia o resto deste artigo »

Posted in Notícias | Com as etiquetas : , , , | Leave a Comment »

Teoria da Deriva Continental

Posted by BG em 20/09/2011

Aqui segue um ponto de vista “original”  que poderá explicar a deriva continental.

Divirtam-se!

Posted in Diversos | Leave a Comment »

Explorar o Sistema Solar a partir de casa

Posted by BG em 12/09/2011

A NASA oferece a possibilidade de uma viagem virtual através do Sistema Solar através de uma nova ferramenta interactiva na Internet, o “Eyes on the Solar System”, Olhos no Sistema Solar (http://solarsystem.nasa.gov/eyes/intro.html).

Esta ferramenta combina a tecnologia de videojogos e dados da NASA para criar o contexto em que os utilizadores viajam com uma nave espacial e exploram os cosmos. Os gráficos do monitor e a informação sobre a localização dos planetas e as manobras das naves espaciais utilizam dados reais das missões.

“Esta é a primeira vez que o público pode ver todo o Sistema Solar e a nossa missão movendo-se juntos em tempo real”, afirmou Jim Green, diretor da Divisão de Ciências Planetárias da NASA na sede da agência em Washington. “Isto demonstra o compromisso contínuo da NASA para partilhar a nossa ciência com todo o mundo”.

Fonte: Naturlink/NASA

Leia o resto deste artigo »

Posted in Notícias | Com as etiquetas : , , | Leave a Comment »

Uma tempestade solar poderá atingir o campo magnético da Terra

Posted by BG em 09/09/2011

Uma ativa mancha solar entrou em erupção na noite de terça-feira produzindo uma tempestade solar da classe X (a mais intensa) libertando um filamento de material em direção à Terra, segundo informou a NASA, que alertou que esta nuvem poderá atingir o campo magnético do nosso planeta.

O Observatório Solar e Héliosférico (SOHO, na sua sigla em inglês) detetou uma ejeção de material da coroa solar que emergiu do lugar da explosão e que se dirige em direção ao sul da linha Sol-Terra. A tempestade produziu-se às 21h12 (hora de Portugal continental) de terça-feira e alcançou o seu pico de força 8 minutos mais tarde.

As ejeções são enormes nuvens de plasma solar que viajam no espaço, podendo alcançar os 5.000.000 quilómetros por hora. Se estas nuvens chegarem à Terra podem provocar alterações nos sinais de GPS, nas comunicações de rádio e redes de energia, segundo alertou a NASA. Este fenómeno ocorreu 24 horas depois de outra tempestade solar, que ocorreu às 00h50 horas (hora local) da passada segunda-feira e que alcançou uma menor intensidade de explosão.

Fonte: Naturlink

Leia o resto deste artigo »

Posted in Notícias | Com as etiquetas : , , , | 1 Comment »

A vista da Terra a 10 milhões de quilómetros de distância

Posted by BG em 01/09/2011

Na sua viagem ao maior planeta do Sistema Solar, Júpiter, a sonda Juno, lançada no passado dia 5 de Agosto, conseguiu captar uma impressionante imagem do nosso pequeno planeta, a Terra, e o seu satélite, a Lua.

O investigador principal do projecto Juno, Scott Bolton, reconhece que “é uma visão que temos poucas vezes e que nos ajuda a ter a perspectiva do nosso lugar no Universo.” O ponto do lado esquerdo da imagem é a Terra e o ponto do lado dierito da imagem é a Lua.

A imagem foi captada pela câmara da sonda no passado dia 26 de Agosto, quando estava a 9,66 milhões de quilómetros da Terra. A sonda Juno cobriu a distância entre a Terra e a Lua (402.000 quilómetros) em menos de um dia, mas vai demorar cinco anos a percorrer os 2.800 milhões de quilómetros que nos separam de Júpiter.

Fonte: Naturlink

Leia o resto deste artigo »

Posted in Notícias | Leave a Comment »