Biologia e Geologia na Escola

Blog de apoio e complemento às aulas de Ciências Naturais – Biologia e Geologia

Posts Tagged ‘Investigadores’

Grupo de investigadores do Instituto Gulbenkian faz descoberta com implicação nos estudos de cancro

Posted by BG em 07/06/2011

Um grupo de investigadores do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC) concluiu que o esqueleto das células controla a multiplicação das mesmas e, consequentemente, a formação de tumores, uma descoberta que tem implicações nos estudos do cancro.

De acordo com um comunicado hoje divulgado pelo IGC, a equipa “identificou uma ligação inesperada entre o esqueleto da célula e o tamanho dos órgãos do corpo”.

“Num estudo publicado na revista ‘Development’, Florence Janody e o seu grupo de investigação mostram que uma das proteínas que regula o esqueleto da célula também influencia a ativação de genes que promovem a sobrevivência e proliferação das células”, refere a nota.

Fonte: Lusa/SAPO

Leia o resto deste artigo »

Anúncios

Posted in Notícias | Com as etiquetas : , , , | 1 Comment »

Primeira vacina contra cancro do pulmão

Posted by BG em 20/01/2011

Investigadores cubanos anunciam a primeira vacina terapêutica contra o cancro do pulmão no mundo. O fármaco, chamado de CimaVax EGF, já foi administrado a mais de mil pacientes, segundo anunciou esta semana o jornal oficial «Trabajadores».

Gisela González, do Centro de Imunologia Molecular de Havana, é a responsável pelo projecto que oferece a possibilidade de transformar o cancro avançado em “doença crónica controlável”. O CimaVax EGF é o resultado de mais de 15 anos de pesquisa direccionada para este tipo de tumor e “não provoca efeitos adversos severos”, precisou a especialista ao jornal cubano.

A vacina já foi patenteada e é baseada numa proteína existente no ser humano. González indicou que como o organismo tolera “o próprio” e reage contra “o estranho”, por isso tiveram que fazer “uma composição que conseguisse criar anticorpos contra esta proteína”.

Fonte: Ciência Hoje

Leia o resto deste artigo »

Posted in Notícias | Com as etiquetas : , , , | Leave a Comment »

Cientistas de Coimbra fazem descoberta

Posted by BG em 09/12/2010

Investigadores de Coimbra identificaram mecanismo que degrada sensor de abastecimento de oxigénio às células, o que poderá travar as suas consequências na diabetes e do cancro.

Em geral, as células conseguem responder às situações de privação de oxigénio (hipoxia), gerando novos vasos sanguíneos, mas no caso da diabetes isso não acontece, surgindo complicações patológicas como o enfarte do miocárdio e a retinopatia diabética, a principal causa de perda de visão. A equipa de Coimbra, do Instituto Biomédico de Investigação, da Luz e Imagem (IBILI), liderada por Paulo Pereira, identificou um novo mecanismo que pode contribuir para a perda de resposta celular à hipoxia em situações de hiperglicemia como as da diabetes e que provoca a morte das células. Isto poderá ajudar a desenvolver terapias celulares que protejam da degradação esse sensor de oxigénio e, no futuro, desenvolver até terapias genéticas.

Fonte: Diário de Notícias

Posted in Notícias | Com as etiquetas : , , , | Leave a Comment »

Investigadores Portugueses Caracterizam Genoma Inédito

Posted by BG em 22/10/2009

MexilhaoInvestigadores portugueses conseguiram fazer a primeira caracterização a nível mundial do genoma (transcriptoma) do mexilhão das fontes hidrotermais, permitindo criar a primeira base de dados sobre os genes deste animal, que vive no mar profundo.

 “A criação desta base de dados, a primeira a nível mundial, é um grande salto evolutivo na investigação porque vai permitir perceber os mecanismos de adaptação do animal a condições extremas de sobrevivência”, afirmou o investigador Raul Bettencourt, em declarações à Lusa.

Os genes deste mexilhão foram identificados e caracterizados num trabalho que é o primeiro no mundo de sequenciação do genoma de um animal das fontes hidrotermais de ambiente marinho profundo, além de ser o primeiro em Portugal realizado num invertebrado.

A investigação desenvolvida pelo Departamento de Oceanografia e Pescas (DOP) da Universidade dos Açores permitiu a aquisição de novos conhecimentos que podem vir a ter aplicação em áreas como a biotecnologia ou a medicina.

Em causa está a possível descoberta de genes com elevado valor biotecnológico ou de proteínas com propriedades anti-microbianas, que são utilizadas pelo animal para se defender dos microorganismos do meio ambiente em que vive.

No centro das atenções dos investigadores está o Bathymodiolus azoricus, um mexilhão que vive no campo hidrotermal Lucky Strike, a cerca de 1700 metros de profundidade, na região da crista médio-atlântica, a 200 milhas a sudoeste do Faial.

“Este estudo permitiu identificar todos os genes e proteínas induzidos em função do meio ambiente em que vive este animal, junto das emanações fluídicas provenientes do hidrotermalismo”, revelou Raul Bettencourt.

Desta forma, os investigadores ficaram a conhecer, do ponto de vista fisiológico, “como o animal se adapta às condições de um meio ambiente adverso”, caracterizado pela ausência de luz solar, elevados níveis de pressão hidrostática e de concentração de metais pesados e valores extremos de temperatura.

Fonte: Jornal Público

Leia o resto deste artigo »

Posted in Notícias | Com as etiquetas : , , , , , , | Leave a Comment »